A Desidratação Em Adultos: Guia Completo

1. Visão geral
2. Causas da desidratação em adultos
3. Os sintomas de desidratação em adultos
4. Quando procurar atendimento médico
5. Exames e testes
6. Cuidados em casa
7. Assistência médica
8. Drogas
9. Nos próximos dias
10. Visitas e inspeções
11. Prevenção
12. Recuperação física

1 – Panoramica

a desidratação é uma doença que ocorre quando a perda de líquidos do corpo, principalmente água, supera os do presente. Com a desidratação, a água deixa de nossas células e órgãos em maiores quantidades do direito que tomamos pela bebida. Perdemos água a cada dia a forma de vapor de água na respiração e excreção de suor, urina e fezes. Em conjunto com a l’água, mesmo em pequenas quantidades de sais.
Quando perdemos muita água, o nosso corpo pode tornar-se disequilibrati ou desidratados: desidratação grave pode levar à morte.

2 – Causas de desidratação em adultos

Muitas doenças podem causar a perda de fluido, rápido e constante e levar à desidratação:

1. Febre, exposição ao calor, e muito exercício
2. Vômitos, diarréia e aumento da micção, devido a uma infecção
3. Doenças como a diabetes
4. L’incapacidade de se obter adequada de água e alimentos (como é o caso de uma pessoa com deficiência)
5. Uma capacidade diminuída para beber (por exemplo, alguém que está em coma, ou ligado a um respirador)
6. Sem acesso a todos os’água potável
7. Lesões significativas para a pele, tais como queimaduras ou feridas, grave doença de pele ou infecções (a água é perdida através da pele danificada)

3 – Os sintomas de desidratação em adultos

Os sinais e sintomas de desidratação variam de leves a graves e incluem:

1. Aumento da sede
2. A boca seca e inchada, língua,
3. Fraqueza
4. Tonturas
5. Palpitações (sensação de bater de coração ou “pulando”)
6. Confusão
7. Lentidão dos movimentos ou letargia
8. Desmaio
9. Incapacidade de suor
10. Uma diminuição na produção de urina

além disso, a cor da urina pode indicar desidratação. Se l’a urina é concentrada e amarelo ou âmbar profundo, você pode estar desidratado.

4 – Quando procurar atendimento médico

Chame o seu médico se a pessoa estiver desidratada, tente um dos seguintes sintomas:

1. Aumento ou constantes vômitos por mais de um dia
2. A febre de mais de 38° C
3. Diarreia por mais de 2 dias
4. A perda de peso
5. Uma diminuição na produção de urina
6. Confusão
7. Fraqueza

leve a pessoa para o departamento de emergência se você tiver essas situações:

Artigo similar:  Tudo sobre o período de adaptação na educação infantil

1. Febre superior a 39° C
2. Confusão
3. Lentidão dos movimentos ou letargia
4. Dor de cabeça
5. As apreensões
6. Dificuldade em respirar
7. Dor no abdómen ou no peito
8. Desmaio
9. Nenhuma emissão de urina nas últimas 12 horas

5 – Esami e teste

O médico poderá realizar uma série de testes simples em que o exame ou enviar amostras de sangue e urina para o laboratório. Através destes conhecimentos, o médico irá tentar identificar a causa ou causas subjacentes que levaram à desidratação.

Segni vitali

Febre, aumento da frequência cardíaca, diminuição da pressão arterial e respiração acelerada são sinais de potencial de desidratação e outras doenças.
Tomando o pulso e pressão arterial enquanto a pessoa está deitada e, em seguida, depois de ficar por 1 minuto pode ajudar a determinar o grau de desidratação. Normalmente, quando você estava deitado e, em seguida, você se levanta, c’é uma pequena queda na pressão arterial durante alguns segundos. O ritmo cardíaco acelera e a pressão arterial volta ao normal. No entanto, quando há’é fluido suficiente no sangue devido a desidratação e a velocidade do ritmo cardíaco aumenta, não recebe sangue suficiente para o cérebro, que percebe este problema e faz bater mais rápido o coração. Se você está desidratado, você vai se sentir tonturas e sensação de fraqueza, depois de ter se levantou.

Analisi delle urina

A cor e a claridade da urina, a gravidade específica (massa de urina é comparada com a mesma quantidade de água destilada) e a presença de cetonas (de compostos de carbono que significar desidratação) na urina de ajuda para indicar o grau de desidratação.
O aumento da glicose na urina pode levar a um diagnóstico de diabetes ou indicam a perda de controle do diabetes e uma causa da desidratação. Além disso, as proteínas que estão em excesso na urina pode ser um sinal de problemas renais. Sinais de infecções ou outras doenças, tais como doenças do fígado, que pode ser detectada pelo exame de urina.

Ematochimici

A quantidade de sais (sódio e potássio) e açúcar, bem como indicadores da função renal (BUN e creatinina), pode ser importante para avaliar o grau de desidratação e suas possíveis causas.
Um hemograma completo pode ser necessária se o médico acredita que para ser um’infecção a causa da desidratação. Outros exames de sangue, tais como testes de função hepática, pode ser indicado para encontrar as causas dos sintomas.

6 – Cura casalinghe

Para tentar resgatar o desidratado (mesmo aqueles que são vômitos) ajudá-los a tirar os fluidos da seguinte forma:

Artigo similar:  Tipos de dolor de cabeza

1. Beber pequenas quantidades de água
2. Tomar bebidas com carboidratos / eletrólitos. Boas escolhas são bebidas esportivas como Gatorade ou soluções alternativas
3. Chupando gelo e sucos de frutas ou bebidas esportivas
4. Chupar cubos de gelo
5. Beber por um canudo (funciona bem para quem está desidratado devido a cirurgia da mandíbula ou feridas na boca).

Para esfriar a pessoa, se ela tiver sido exposto a calor ou tem uma alta temperatura, agir da seguinte forma:

1. Remover todas as roupas em excesso e solte outras roupas.
2. O ar-condicionado áreas são os melhores para ajudar o corpo a temperaturas para voltar ao normal e quebrar o ciclo de exposição ao calor.
3. Se l’ar condicionado não está disponível, aumentar o arrefecimento por evaporação, colocando a pessoa perto de ventiladores ou todos os’sombra, se fora. Colocar uma toalha molhada em torno da pessoa.
4. Se disponível, use um frasco de spray ou bicos de pulverização de água quente sobre a superfície da pele exposta ao sol, para ajudar o arrefecimento por evaporação.
5. Evite expor a pele ao frio excessivo, tais como blocos de gelo ou água gelada. Isto pode causar constrição de vasos sanguíneos da pele e diminuir ao invés de aumentar a perda de calor. L’exposição ao frio excessivo também pode causar calafrios, o que aumenta a temperatura do corpo, que é o oposto do efeito que você está tentando alcançar.

7 – Cura mediche

No departamento de emergência antes de concentrar-se em recuperar o volume de sangue e, em seguida, fluidos do corpo, em seguida, determinar a causa da desidratação. Se a temperatura do corpo é maior do que 40° C, os médicos proceder para esfriar l’todo o corpo, e pode promover o arrefecimento por evaporação com os fãs ou cobertores e casas de banho.

, a reposição de líquidos

Se há náuseas e vômitos, é iniciado com a reposição de líquidos: você será solicitado a beber eletrólito / fluidos que contenham hidratos de carbono, junto com o l’água. No entanto, se há sinais de desidratação significativa (alta freqüência cardíaca de repouso, pressão arterial baixa), os líquidos são geralmente administrado através de uma gota por via intravenosa. Se a condição de melhora pode ser enviado para casa, de preferência sob os cuidados de familiares ou amigos que podem ajudar a monitorar a doença. Se você ficar desidratado, confuso, febbricitanti e têm sinais vitais, alterados ou mostra sinais de infecção, você pode precisar de ficar no hospital para o tratamento.

Artigo similar:  Dilemas Jornais: O Que’ A Opção Mais Saudável? Qual A Sua?

8 – Farmaci

Se a febre é causa de desidratação, é o uso de paracetamol ou ibuprofeno. Este pode ser dada por via oral se houver a presença de vômitos, ou como um supositório retal se você não pode dar nada por via oral.

9 – Nos dias seguintes

Chamar ou retornar ao seu médico ou todos os’hospital, de acordo com as instruções.

10 – Visitas e inspeções

1. Tomar medicamentos prescritos como dirigido.
2. Continuar a manter-se bem hidratado com muita água ou bebidas esportivas.
3. Manter sob controle todos os sinais de desidratação, sozinho ou com a ajuda de alguém.

11 – Prevenção

O mais importante para a desidratação é a prevenção. Antecipar, portanto, a necessidade de uma maior ingestão de líquidos.

1. Planejar com antecedência e tomar mais água para todos os eventos, porque ele’abrir e trabalho, onde o aumento da sudorese, l’atividades e de estresse de calor vai aumentar a perda de líquidos. Incentivar os atletas e aqueles que trabalham fora para substituir os líquidos para manter um nível constante.
2. Evitar l’exercício e l’exposição durante os períodos de maior calor. Ouça a previsão do tempo e planejado eventos externos nos momentos quando as temperaturas são mais frias.
3. Assegurar que os idosos, recém-nascidos e crianças têm água potável adequada ou líquidos disponíveis e ajudá-los se necessário. Certifique-se de que cada pessoa não é auto-suficiente é incentivado para beber e para receber os fluidos são adequados.
4. Evitar o consumo de álcool, especialmente quando está muito quente, porque o l’o álcool aumenta a perda de água e prejudica a habilidade para detectar os primeiros sinais associados com a desidratação.
5. Usar roupas de cor e folgado se você deve manter todos os’abrir quando estiver quente. Trazer um pessoal de fã para mantê-lo atualizado.
6. Dividir l’exposição a altas temperaturas por encontrar áreas de ar-condicionado ou sombreadas, e ficam a poucos minutos de paragem para refrescar entre as várias posições. Ficar em um lugar fresco por um par de horas por dia ajuda a prevenir os efeitos cumulativos da exposição ao calor elevado.

12 – Recuperação físico

Quando a desidratação é tratado a tempo e a causa identificada, o corpo vai se recuperar normalmente. A desidratação causada pela exposição ao calor, excesso de exercício, ou a insuficiente ingestão de água é, em geral, fáceis de gerenciar, e o resultado do atendimento é excelente.

Autor | Daniela Bortolotti

© REPRODUÇÃO RESERVADOS