Perder Peso Na Menopausa

Com o avanço da idade, natural desaceleração do metabolismo, associadas a outros fatores, como a diminuição do tecido muscular, pode causar problemas físicos, tais como um aumento de peso. Mas também são as alterações hormonais devido à menopausa, o que afeta a forma em que a gordura é distribuída por todo o corpo, o que significa que, em palavras simples, que esse peso que você pode facilmente acumular ao redor do estômago. No entanto, o mais importante problema que pode surgir como resultado dessas mudanças é um aumento no risco para a saúde em geral, porque os quilos extras que se acumulam ao redor da parte central do corpo contribuem para a geração de problemas de saúde, que vão desde aqueles com sistema circulatório até os problemas (importante) da auto-estima. O melhor método para gerir melhor estas mudanças naturais do corpo para lutar contra os’ganho de peso para o “alto da cabeça”, mudando seu estilo de vida, a fim de manter em boas condições de saúde para contanto que possível. Isso é para fazer uma série de alterações em um ambiente saudável, positiva, que pode ajudar você a perder o peso em excesso acumulado durante a menopausa e para mantê-la sob controle.

Como perder peso durante a menopausa

1 – Mudança de dieta

isto Pode parecer trivial, mas é também uma grande verdade: a indústria de pesquisa de estimativa, por unanimidade, que 80% do controle de peso depende do que você come. Os dados sobre os quais temos de começar é este: a ingestão diária recomendada para mulheres é de cerca de 2.000 calorias. Entretanto, você precisa alinhar-se a esse limite, então, a perder, coloque uma metade de um quilo por semana, você deve reduzir o consumo de calorias em cerca de 500 calorias por dia. Uma dieta de baixa caloria primeiro lugar e acima de tudo deve ser de baixo teor de gordura e de incorporação de fibras, frutas frescas, legumes e proteínas, mas não é sempre fácil de organizar e encontrar o equilíbrio certo, que varia de pessoa para pessoa; por isso, você pode considerar consultar o seu médico ou um nutricionista para elaborar um plano alimentar adequado para perder o excesso de peso.

Artigo similar:  Combater A Celulite Com A Mesoterapia!

2 – Begin (ou aumento) de atividade física

Se 80% do peso de gestão depende da fonte de alimentação, os outros 20% depende do gasto de energia: em outras palavras, l’atividade física. O ideal seria dedicar pelo menos 30 minutos fazendo exercícios de intensidade moderada, cinco dias por semana. Para aqueles que pensam de imediato de não ter tempo, porque o trabalho, compromissos, etc, recomendamos a pensar de uma maneira diferente: o exercício físico não significa apenas ir para o ginásio. Você pode fazer algo que melhor se adapte ao seu estilo de vida, também estava indo para passear com o cachorro andando em um ritmo mais animado, ou jogar tênis com um amigo, ou até mesmo ter sexo!, tudo isso conta como exercício e, portanto, é bom para a perda de peso.

3 – Enquanto você estiver na mesa, faça uma pausa entre um curso e outro

Este “exercício” é, principalmente, mental, porque o cérebro demora cerca de 15 minutos para processar o fato de que o estômago está mais ou menos completo, e, em seguida, transmitir ao corpo a sensação de saciedade. Se, entre a primeira e a segunda, você não pode esperar, você pode perceber já estar saciado e não precisa comer de novo. Isso significa menos calorias, bom para perder peso.

4 – para Evitar de dietas de perda de peso muito áspero ou restritivas

Siga uma dieta extremamente pobre, o que exclui, além de ácidos, nutrientes essenciais para a nutrição adequada do corpo, se você não pular as refeições, ele é o mais errado que você pode fazer para perder peso de uma maneira saudável. As dietas para perda de peso deve ser preparado em conjunto com os peritos, e, no entanto, não deve ser “traumático” cortar drasticamente, de repente, a fonte de alimentação, também, porque você pode ir para atender desequilíbrios de vários tipos. Por exemplo, uma dieta errada pode ir para níveis mais baixos do hormônio chamado leptina, que tem a tarefa de regular a distribuição da gordura através do controle l’o apetite e o metabolismo; ao fazê-lo, obriga o organismo a queimar tecido muscular em vez de gordura. O resultado? uma desaceleração do metabolismo, o que vai recuperar rapidamente (muitas vezes com “juros”) todo o peso perdido, uma vez que você começar a comer normalmente.

Artigo similar:  Um estudo relacionado a depresi não infantil com a obesidade na idade adulta —

5 – Beba muita água

Evite o consumo de bebidas carbonatadas e, normalmente, adoçado, porque eles trazem apenas calorias “vazias”, que não preencher e contêm muito açúcar. As bebidas chamado “luz” ou dietético, definitivamente, têm poucas calorias e açúcar, mas os adoçantes artificiais que eles contêm podem levar o organismo a ter a “necessidade” de açúcar. As águas naturais, em vez disso, ele é um refrescante, essencial para hidratar o corpo e para a funcionalidade dos rins e do intestino, e as calorias a zero.

Em conclusione

Durante uma dieta de emagrecimento, ou enquanto você está suando em cima de uma bicicleta de exercício, é fácil sentir-se “frustrado”, especialmente se os resultados demoram a chegar. Mas a perda de peso deve ser gradual, progressivo e constante. Como já disse no início do artigo, a perda de peso máximo recomendado é de cerca de um quilo por semana, e, especialmente, para não correr o risco de recuperá-lo rapidamente se você se cansar da dieta e do esforço físico. Se uma dieta saudável e exercício físico são considerados como um estilo de vida e não como um sacrifício, você será capaz de manter o peso e ficar saudável por muitos anos.

Autor | Daniela Bortolotti

© REPRODUÇÃO RESERVADOS