Vício Alimentar

Recentemente, os cientistas estão a re-avaliação e revisão da l’a idéia de que uma pessoa pode ser dependente da comida.

Alguns experimentos em animais e em o’o homem, têm mostrado que, para algumas pessoas, as mesmas centros do prazer no cérebro que são ativados por drogas, como a cocaína e a heroína são também ativados por alimentos, especialmente dos que apetitoso. Alimentos que são apetitosos são aqueles que contêm:

– o Açúcar
– Graxa
– o Sal

assim como as drogas, a comida muito saborosa ativar as substâncias químicas no cérebro, como a dopamina, que causa sensação de bem-estar.
Quando as pessoas experimentam o prazer associado a todos os’um aumento de dopamina no cérebro, depois de uma refeição, especialmente gostoso, e imediatamente se sente a necessidade de comer de novo.

Os sinais de bem-estar gerado por uma deliciosa refeição pode exceder os de plenitude e satisfação. É por isso que temos de continuar a comer, mesmo se não está com fome.

pessoas que mostrar que eles têm uma viciada em comida também podem desenvolver uma tolerância ao alimento. Ou seja, eles comem mais e mais , mas a comida satisfaz menos e menos.

de Acordo com os cientistas, o vício alimentar pode desempenhar um papel-chave na’obesidade.
Mas mesmo aqueles com um peso normal pode ter um vício alimentar. Seus corpos podem simplesmente ser geneticamente predispostos a lidar melhor com as calorias extras. Ou aumento de l’atividade física para compensar a l’excesso de comida.
Pessoas com dependência de alimentos continuar a comer apesar das conseqüências negativas, tais como l’ganho de peso ou a deterioração das relações interpessoais.
E, assim como o que é a droga-dependentes, ou a partir do jogo de d’jogos de azar, pessoas viciadas em comida vai lutar para parar o seu comportamento, mesmo se eles têm tentado várias vezes.

Artigo similar:  A hemorragia intraventricular do recém-nascido (Bebê prematuro

Sinais de vício alimentar

os cientistas na Universidade de Yale’s Rudd Center for Food Science & Política de ter criado um questionário para descobrir se as pessoas sofrem de dependência de alimentos.
Isso também acontece com você? Você acontecer para ser :

– Comer mais do que o esperado, certos alimentos
– Manter o consumo de certos alimentos, mesmo se você não tiver mais fome
-Comer até se sentir mal
– Estar preocupado em não ser capaz de comer ou ter a necessidade de reduzir certos alimentos
– Se alguns alimentos não estão disponíveis, fazer todo o possível para obtê-los

O questionário também coloca questões sobre a relação com a comida na vida diária. Estas situações se aplicar a você?

– o consumo de certos tipos de forma, muitas vezes, ou em tais quantidades que ele pára de funcionar, passar tempo com a família ou fazer atividades de lazer.
– Evitar situações sociais em que há comida para o medo de exagerar na alimentação
– Ter problemas de desempenho no trabalho ou na escola, devido ao tempo gasto comendo

O questionário, em seguida, perguntará se você tiver sintomas de abstinência de alimentos. Por exemplo, quando você a reduzir o consumo de certos alimentos (excluindo bebidas com cafeína), você enfrentar os sintomas, tais como:

– Ansiedade
– Agitação
– Outros sintomas físicos

A pesquisa também procura medir l’impacto dos alimentos sobre suas emoções.
Estes casos são adequados para você?

– Comer alimentos que faz com que a depressão, ansiedade, desgosto de si mesmo, um sentimento de culpa.
– sentimos a necessidade de comer mais e mais para mitigar as emoções negativas e aumentar a sensação de bem-estar
– Comer a mesma quantidade de alimentos não reduzir as emoções negativas ou aumentar o prazer, como já foi

Artigo similar:  Como os lácteos são maus para a saúde?

ajuda para o vício em comida

a ciência ainda está à procura de um tratamento para curar o vício em comida.
De acordo com alguns pesquisadores, a recuperação do vício alimentar pode ser mais complicado do que outros vícios. Alcoólicos, por exemplo, pode abster-se do consumo de álcool. Mas o povo, com o vício em comida ainda precisa comer.
Uma nutricionista, um psicólogo ou um médico especialista em dependência de alimentos pode ajudar a parar a l’o hábito de comer compulsivamente.
C’é também um número crescente de programas específicos para ajudar as pessoas com vícios alimentares.
Alguns, como o de Alimentos Viciados em Recuperação Anônimo, são baseadas em um programa de 12 passos com base nessas seguido por alcoólatras, jogadores de d’os viciados.
Outros, como o Alimento Viciados em Anônimo, usar o programa para 12 pontos, combinado com uma dieta que fornece a l’abstinência a partir de ingredientes como açúcar refinado, farinha e grão.

© REPRODUÇÃO RESERVADOS